edições
2023
Corte—Travessia
2022
Gestos e Fragmentos
2021
O Movimento das Coisas
2019
Floresta de Signos
2018
Máquina do Mundo
2017
Emergir no Conflito
2016
O Fim da Natureza
2015
Todas as Fronteiras
2013
Ideia de uma Ilha
2010
Imagem-Arquivo
2009
Reinterrogar a Imagem Política
2008
Paisagem: o Trabalho do Tempo
2007
A Circulação da Palavra
2006
Doc’s Kingdom
2005
Doc’s Kingdom
2003
Doc’s Kingdom
2002
Doc’s Kingdom
2001
Doc’s Kingdom
2000
Doc’s Kingdom
notícias
5 Fevereiro 2024
Press Review 2023

“Un phalanstère documentaire”

Review of Doc’s Kingdom 2023, by Alice Leroy

in Cahiers du Cinéma (Jan. 2024)

“To consider, on the one hand, a festival as a place for sharing and mutual education rather than a promotional showcase or ‘cultural event’, and to consider on the other hand documentary as a laboratory for creation and thought rather than a minor genre in the history of cinema, that is the utopian project of Doc’s Kingdom.”

 

Interview with Elena Duque

by Teresa Vieira in Cineuropa 

“As a programmer, you also have a responsibility to change what is considered to be the canon of film history.”

 

Entrevista com Claire Atherton

por Jorge Mourinha no Jornal Público

 

Entrevista com Marcia Mansur

por Teresa Vieira na Antena 3

 

Artigo sobre Doc’s Kingdom 2023

por Cátia Rodrigues, À Pala de Walsh (Jan. 2024)

«Para cumprir a função dialéctica que lhe é historicamente atribuída, a partir da união de imagens e sons na procura por novos significados e formas estéticas, a montagem começa por criar um corte: “(…) a imagem sempre nos desafia a montá-la com outra, com o outro. Porque, na imagem, assim como na democracia, há algo em jogo, algo incompleto, uma primeira incisão ou lacuna.”» (Cátia Rodrigues, citando Serge Daney)